Aposentadoria por idade, especial e por invalidez

aposentadoria

Sobre a Aposentadoria

Existem cinco formas para se aposentar: aposentadoria por contribuição, aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, aposentadoria por proporção ou em casos especiais. Normalmente, para se aposentar, os documentos exigidos são: documento de identidade, certidão de nascimento, todas as carteiras de trabalho ou carnês do INSS, certificado de reservista (homens) e comprovante de residência.


Contribuição da Aposentadoria

Os trabalhadores podem se aposentar quando ficar comprovado que qualquer homem contribuiu com a Previdência Social por mais de 35 anos. No caso das mulheres, o tempo é de 30 anos. Para professores o tempo de contribuição da aposentadoria muda: 30 anos para homens e 25 para mulheres.


Aposentadoria por idade

Pode se aposentar todo homem com mais de 65 anos de idade e mulher com mais de 60 que tenham contribuído, pelo menos, em 180 meses (15 anos).


Aposentadoria por invalidez

O processo de aposentadoria por invalidez passa por duas etapas: primeiro deve ser concedido um auxílio-doença para a pessoa através da pericia médica. Se o médico do INSS achar que o segurado não tem mais condições de trabalhar, ele deve passar por outro médico perito para ser reavaliado e aí sim emitir o pedido de aposentadoria por invalidez.


Aposentadoria especial

A aposentadoria especial é emitida quando o trabalhador é exposto a agentes que podem prejudicar a saúde em longo prazo. A única exigência é pelo menos 25 anos de contribuição.


Aposentadoria proporcional

Esse tipo de aposentadoria mudou com a Reforma da Previdência. Na proporcional, o segurado pode-se aposentar se já tiver contribuído 30 anos (homem) ou 25 (mulher). O que muda é o valor pago pela aposentadoria.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário